fbpx
Juci Nones

Juci Nones

Ferramentas Para Controlar a Ansiedade

ferramentas para controlar a ansiedade

Conta para mim: você não está conseguindo controlar a ansiedade ultimamente? Ela está te atrapalhando no dia a dia porque você precisa continuar cumprindo suas obrigações mesmo se sentindo ansioso, angustiado, aflito? É impossível não passa por nenhum momento em que fiquemos assim ao longo de nossa vida aqui, porém, quando eles não são breves, quando estão muito constantes, precisamos rever isto. Para te ajudar com isso, eu vim te dar 5 ferramentas para controlar a ansiedade, para conseguir lidar melhor com isso e não mais conviver com a apreensão por tempo indeterminado.

Vale ressaltar que existe diferença entre ter transtorno de ansiedade e apenas um sentimento de ansiedade. O transtorno aparece geralmente quando a pessoa fica ansiosa até quando não há situações de perigo ou aflição, em coisas muito muito simples. É algo mais sério que precisa ser tratado com a ajuda de profissionais da saúde. Agora, o sentimento de ansiedade aflora quando passamos por situações realmente dificultosas e então ficamos nervosos e com pensamentos negativos, que pode passar depois de uma simples ação, de usar ferramentas para controlar a ansiedade, como as que vim mostrar hoje.

Vamos às dicas:

  1. Respiração profunda

É cientificamente comprovado que quando inspiramos o ar e expiramos de forma profunda e devagar, é enviada uma informação ao nosso cérebro de que ele pode e deve relaxar. Instantaneamente. Ou seja, mesmo que for difícil fazer isso quando estiver muito nervoso, com raiva ou estressado, é necessário que faça várias vezes; quantas precisar até que faça todo o efeito. Além disso, respirar profundamente também é uma coisa que precisa ser treinada para fazer cada vez mais efeito em você, como todas as ferramentas para controlar a ansiedade. Indico que faça dois minutos diários desse exercício, para ensinar seu cérebro.

  1. Técnicas de relaxamento

Depois que você passar por situações mais estressantes, difíceis ou que gastaram muito da sua energia positiva e leve, procure fazer as coisas que te relaxa. Geralmente coisas que tragam menos informação ao seu cérebro, para ele poder descansar. Talvez uma música calma de sua preferência, ambiente mais escuro, se sentar ou deitar… E se concentrar nessas coisas, na música, em relaxar, no silêncio, para que seu cérebro não volte para aquelas situações, para os problemas e pendências a serem resolvidas… Quanto mais você fizer, mais vai controlar sua ansiedade. Se conseguir fazer todos os dias, como lazer, ótimo!

  1. Atividade física

Outra coisa cientificamente comprovada é que seu corpo está ligado com sua mente. Ou seja, se você movimentar o corpo da forma correta e gastar energias nisso, químicas serão liberadas da sua mente (dopamina, endorfina e serotonina, que são os hormônios da felicidade), o que te traz bem-estar, então consequentemente irá se esgotar e ficar aflito e ansioso mais dificilmente. Mas para isso ser realmente eficaz, tem que ser pelo menos 3 vezes na semana e com constância. Contudo, se você ainda não tem esse hábito, comece devagar, até chegar lá!

  1. Organizar o dia

Se você planejar seu dia com antecedência, desde seus afazeres domésticos até os compromissos e o que terá que fazer no trabalho, você certamente ficará menos ansioso, porque as coisas serão menos imprevisíveis. Não ficará pensando o tempo inteiro no que terá que fazer, no que pode acontecer, porque terá a segurança de olhar na lista, na agenda, no que for. Isso não fará com que imprevistos nunca mais aconteçam, em nenhum dia, mas, de fato, irá fazer com que pelo menos a maioria das coisas, as coisas do dia a dia, não te tragam sentimento de ansiedade e insegurança.

  1. Pensamentos positivos

Sabe quando relembramos um momento no qual ficamos com vergonha e então ficamos com vergonha de novo, como se estivéssemos lá? Perceba que se você fizer o contrário, lembrar de um momento de muito entusiasmo e felicidade, estará praticamente sorrindo no momento presente. Então, isso explica muito que tudo que nós mantemos em nossos pensamentos podem influenciar de fato nossos sentimentos reais e também o que fazemos. A boa notícia é que controlar os pensamentos não é algo impossível ou que depende de algo muito grandioso. Só depende de você mesmo e do quanto você quer treinar isso.

Primeiramente, para controlar nossos pensamentos, precisamos estar prestando atenção neles. Precisamos saber quando começamos a pensar em coisas, situações e possibilidades desnecessariamente ruins. Só assim iremos conseguir mudar isso para pensar o oposto. Se isso acontecer, pense em coisas que você gosta, que lhe dão prazer, que são felizes, sejam coisas que já aconteceram ou que você quer que aconteça ainda. Desse modo, você mesmo terá expulsado e substituído os pensamentos que te deixavam ansioso, preocupado.

Então, por hoje é isso. Mas, lembrando: não posso garantir que essas ferramentas irão te ajudar se você não fizer a sua parte e usá-las com constância, treiná-las em seu cérebro. Preciso que sua parte seja feita também! Tudo de novo que você começar, que você introduzir em sua vida, você precisa primeiramente ensinar seu cérebro, para que ele se acostume.

Leia mais em nosso blog:

https://institutojucinones.com.br/blog/

Conheça nosso canal do YouTube:

https://www.youtube.com/channel/UCJlcgUVi2YMVNPZecCa1nqQ?view_as=subscriber

Conecte-se conosco:

https://bit.ly/conecte-se-conosco

Receba nossas novidades!

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *