fbpx
Juci Nones

Juci Nones

Como Ter Mais Autoestima

como ter mais autoestima

Você tem autoestima baixa? Você não se acha merecedor das coisas, não se acha merecedor de coisas boas que lhe acontecem, não se sente preparado para nada, não se sente capaz de nada? Todos somos um pouco assim. Entretanto, não é certo, não é saudável para nós mesmos, em nenhum grau. Neste texto, eu vim te dar algumas dicas do que você tem que fazer, continuamente em sua vida, para que a autodepreciação não se repita e sua autoestima aumente cada vez mais, vim de mostrar como ter mais autoestima.

Imagine aquela pessoa que só compra roupas, porque estão na moda, ou que escolhe ser religiosa porque toda a família é, não se preocupa com o que se alimenta. Além disso, precisa beber todo final de semana para se sentir feliz e posta foto falando que isso que é felicidade. E, então, quando chega segunda-feira, reclama o dia inteiro, dizendo ser o pior dia da semana. Passa a vida inteira fazendo o que todos fazem e sem ao menos entender o porquê está fazendo tudo isso.

Agora do outro lado, imagine alguém que sabe o porquê escolhe cada roupa que compra. Que se alimenta de forma a ter um corpo saudável e com energia. Também tem sua religião baseada em valores, não em meras imposições feitas por uma outra pessoa. Além disso, não se permite viver uma vida baseada apenas na opinião das outras pessoas, mas tem sua própria opinião e reflete constantemente sobre o que acontece na sua vida… Entre essas duas pessoas, qual você acredita que vai ter uma autoestima maior? Pois é.

Vamos às dicas.

Primeira grande ideia e pilar central de uma vida com uma maior autoestima: VIVA CONSCIENTEMENTE.

Se você sofria bastante bullying quando era criança sobre algo do seu corpo, e passou toda a sua infância e adolescência se preocupando com isso, dizendo pra si mesmo: “Ohh, como eu sou assim e o Pedro não, por que  Pedro tem uma genética melhor que a minha, e o Pedro também é mais alto que eu?

Você tem que perceber, finalmente, que esse é um jogo que ninguém consegue ganhar, nem mesmo o Pedro consegue, vai sempre existir alguém mais alto, com menos problemas e mais feliz até que o Pedro. E é esse pensamento que eu venho praticando pelos últimos anos e que é o que toda pessoa com uma boa autoestima faz, é DESENVOLVER O QUE VOCÊ PODE CONTROLAR, E ACEITAR O QUE VOCÊ NÃO PODE. A autoestima não é determinada por qualquer valor que não esteja diretamente sob o controle da nossa vontade, como o sucesso, aparência física e popularidade, mas sim de algo interno.

Algumas pessoas podem dizer que a AUTOACEITAÇÃO vai contra o desenvolvimento pessoal, e eu digo que não, só conseguimos mudar de verdade aquilo que aceitamos ser algo que possa ser melhorado. Você só consegue parar com a preguiça se aceitar que ela te atrapalha. Só consegue focar nos estudos se aceitar o fato que isso vai te levar a lugares melhores. E, só vai se desenvolver se aceitar o fato que podemos ser sim cada vez mais uma versão melhor de nós mesmos.

Se você também é desse tipo de pessoa, como eu, que está sempre buscanda se autoanalisar, se enxergar, aceitar para se desenvolver e melhorar, comenta aqui embaixo para eu saber que não estou sozinha haha. É muito bacana fazermos isso para nos tomarmos consciência de nós mesmos e sabermos das nossas inadequações, não é?

Segunda grande ideia:  APRENDA A AUTOACEITAÇÃO

Uns meses atrás, acabei discutindo com uma das minhas amigas. E aí, quando cheguei em casa, algo que eu poderia ter feito é ter pensado: Oh, eu que tenho um canal no YouTube para desenvolver as pessoas, toma atitudes erradas assim? Quem sou eu para dar dicas para outras pessoas, se eu mesmo não tenho bastante inteligência emocional para lidar com uma discussão boba? Isso não foi o que eu fiz, o que eu acabei fazendo foi refletir qual padrão de comportamento eu tomei e por qual motivo eu acabei tomando essa atitude. E, posso dizer que aprendi mais e me tornei uma pessoa com uma autoestima maior depois que passei por esse processo, do que se tivesse lido um livro sobre como controlar a raiva.

Terceira grande ideia: LIVRE-SE DA CULPA.

Pare de se culpar por tudo, sua autoestima vai agradecer. Se você é uma pessoa fisicamente ativa, e aí, quando se encontra com alguém que não está em uma boa forma física, e o que mais ouve é dizerem que não tem facilidade para emagrecer. Ou, que tem o metabolismo lento, ou alguma outra condição médica que explica porque estão assim.  Não estou dizendo que isso não possa acontecer, mas aí quando vê essas mesmas pessoas tomando refrigerante, cafés açucarados e comendo frituras. Percebe que elas passaram toda a vida delas sedentárias e que começaram algum exercício fazem somente 2 meses.

Se você passou sua vida inteira sem se exercitar e se alimentar bem, não serão somente 2 (ou até 6) meses que vão fazer você passar de uma situação para outra. De fato, talvez com esse discurso de vítima você consiga até simpatia das pessoas. Mas, com certeza, isso não vai fazer você emagrecer ou ter uma autoestima elevada. Eu não conheço ninguém que não tenha responsabilidade pela sua vida, que goste de bancar a vítima e que tenha uma autoestima elevada…

Quarta grande ideia: VIVA RESPONSAVELMENTE.

Precisamos viver de maneira ativa e não passiva! Agora eu quero que você se lembre a última vez que você quis fazer uma dieta, ou começar a academia, ou ler um livro por semana. Você fez todos os planos, metas. Mas, chegou um momento que você teve que tomar decisões, comer comida saudável ou comer uma batata, ir ao treino ou sair pra beber com os amigos, ler livro ou assistir ao seu programa de TV favorito… E aí, para aqueles que, em algum momento, escolheram a segunda opção, sabem que depois de ter jogado seus planos pelo ralo, um sentimento de baixa autoestima apareceu.

Isso acontece porque todo ser humano, tem uma enorme vontade de ser congruente. Nossa palavra precisa estar alinhada com nossos pensamentos e depois nossas ações. Então, se você diz que vai ser saudável, vai se exercitar ou ler um livro, e faz tudo ao contrário, seu cérebro entende que você não está sendo autêntico com você. NOSSA AUTOESTIMA É A REPUTAÇÃO QUE TEMOS COM NÓS MESMOS. E, se continuarmos a fazer coisas que sabemos que não deveríamos estar fazendo, essa nossa reputação com certeza vai cair…

Quinta grande ideia: VIVA COM AUTENTICIDADE.

As pessoas autênticas são a minoria, mas também são as que tem boa autoestima e as que sabem amar.

Bom, é isso. Essas são as dicas. Mas, que fique claro que isso é um processo, não acontece de uma hora para a outra. Você deve acordar todos os dias e colocar isso em seus pensamentos. Ademais, se esforçar para pensar diferente, de pouquinho em pouquinho. Para começar a mudar a sua vida de uma vez por todas e sentir mais feliz, confiante. Além disso, capaz para ir atrás do que você quer e consequentemente ter mais sucesso e qualidade de vida.

Espero que o que eu trouxe aqui hoje te ajude de alguma forma a alavancar seus resultados profissionais e sua qualidade de vida.

Leia mais em nosso blog:

https://institutojucinones.com.br/blog/

Conheça nosso canal do YouTube:

https://www.youtube.com/channel/UCJlcgUVi2YMVNPZecCa1nqQ?view_as=subscriber

Conecte-se conosco:

https://bit.ly/conecte-se-conosco

Receba nossas novidades!

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *