fbpx
Juci Nones

Juci Nones

7 Atitudes que Podem Tirar Sua Energia

7 Atitudes que Podem Tirar sua Energia

Sabe aqueles dias que estamos sem energia física e energia mental? Eventualmente, parece que não conseguimos pensar, não conseguimos sair do lugar, ficamos andando em círculos e as coisas não fluem. Muitos profissionais que atendo me relatam isso nas sessões de mentoria. Diante disso, resolvi compartilhar com você 7 atitudes que podem tirar sua energia e, portanto, estarem impedindo a sua performance profissional e sua qualidade de vida. Todos precisamos de energia física e energia mental para alcançar nossos resultados, então, acredito que vale a pena rever nossas atitudes.

1- Pensamentos negativos

Já percebeu como pensar gasta energia? Pois é, ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos acaba, de fato, se tornando escravo da mente e projetando resultados que não quer ter.

Importante ressaltar que os pensamentos negativos sempre virão, mas você é quem escolhe quanto tempo eles permanecerão. Ou seja, escolha não tomar uma das 7 atitudes que podem tirar sua energia.

2- Mentiras a si mesmo

Sabe aquela música que diz que mentir a si mesmo é sempre a pior mentira? Pois é, cuidado, mentiras pessoais gastam uma energia fenomenal para serem sustentadas. Muitas pessoas mentem tanto que acabam acreditando nas próprias mentiras. Ademais, também tem aquelas mentiras que chamo de ponto cego: os comportamentos errôneos que todo mundo percebe, menos nós. Isso gasta uma energia tremenda. E, veja bem, pode ser totalmente inconsciente. Então, sugiro que se perceba e mude isso se for preciso.

3- Sentimentos tóxicos

Muitas pessoas ficam estagnadas por sentirem demasiadamente raiva, culpa, frustração, medo, ansiedade, tristeza. É natural sentirmos tudo isso, faz parte da nossa evolução. Contudo, o problema é o excesso sem gestão delas. O que acontece com o excesso é que a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos, entende?

O que teríamos que usar para performar resultados estamos usando para sentir o que drena nossa energia física e mental.

4- Colocar em segundo plano a boa alimentação, hábitos saudáveis, exercícios físicos, descanso e o lazer.

A loucura de nossa vida, os desafios diários fazem com que haja negligência em relação a aspectos básicos e imensamente necessários para manter uma boa energia física e mental. Crie uma rotina e faça o que precisa ser feito!

5- Não perdoar

Ficamos imensamente energeticamente obesos de sentimentos ruis, carregando fardos pesados que, claro, drenam nossa energia física e mental. Perdoar não quer dizer que a outra pessoa está certa, e sim que não vai mais deixar aquilo paralisar sua vida. O processo de perdão é como o processo de cicatrização, vamos colocando remédio na ferida até virar uma cicatriz, que lembramos o porquê dela existir, no entanto não dói mais.

6- Projetos inacabados e bagunças

Projetos inacabados e bagunças causam muita confusão mental. Quando tudo estiver muito confuso, quando sentir-se sem energia, sugiro que arrume sua bagunça (gavetas, armários…) e liste projetos inacabados que precisam ser retomados e finalizados, e, óbvio, aja para que consiga os acabar. Assim vai liberar energia física e mental para novos projetos.

7- Zona de conforto

Quando você se deixa levar pela falta de vontade ou até pelo medo de sair da zona de conforto, você fica sem objetivos na vida. Esta negligência na vida lhe faz também negligenciar suas potencialidades que ficam ofuscadas por sua mente adormecida. Isso drena energia mental e física e rapidamente e vai fazendo você estagnar mais e mais na sua vida profissional e afeta drasticamente sua qualidade de vida.

Leia mais em nosso blog:

https://institutojucinones.com.br/blog/

Conecte-se conosco:

https://bit.ly/conecte-se-conosco

 

Receba nossas novidades!

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *